HMI (Hipomineralização Molar Incisivo) é o nome dado a uma alteração no desenvolvimento do esmalte do dente. Esta alteração se apresenta como um defeito na qualidade do esmalte, com características clínicas que variam a opacidade do dente, manchas esbranquiçadas, manchas marrons, acastanhadas, deformidades na anatomia e até perda de estrutura do dentária. Nos casos mais severos o dente se apresenta “esfarelando”.

Como reconhecer a HMI?

Sem o esmalte para proteger a estrutura dentária, é comum sentir sensibilidade na escovação e mastigação. Esse problema pode manifestar comportamentos negativos durante o tratamento odontológico.

Formas de tratar HMI

O tratamento depende do tipo de acometimento, possuindo as medidas preventivas, como escovação com flúor e uso de verniz fluoretado, que devem ser aplicadas logo após a erupção do dente afetado.

Quando ocorrem perdas estruturais nos dentes, há a necessidade de tratamento para restauração dos mesmo. Nessas circunstâncias, o esmalte dentário torna-se poroso e frágil, apresentando uma camada que dificulta o ataque ácido durante os procedimentos restauradores. Em alguns casos de manifestação clínica severa faz-se necessário o tratamento endodôntico, reabilitador e até a exodontia do elemento acometido.

O diagnóstico na odontologia é sempre um grande aliado,  com HMI não é diferente.
Além de explicar toda a situação, procure mostrar todas as opções de tratamentos possíveis para seu paciente.

Você gostou deste texto, ele foi útil para você?
Deixe seu comentário e compartilhe nas redes sociais!

Saiba mais sobre as consultorias de marketing da DMA pelo email contato@dmagencia.com
DMA – Dental Marketing Agency ®