Talvez você não conheça por experiência própria, mas já deve ter ouvido falar em acupuntura – tratamento no qual o paciente é espetado por várias agulhas! Trata-se de uma técnica milenar e tradicional da China, que acabou chegando ao Brasil através de imigrantes da época colonial.

Apesar do método estar presente há tempos em nossa sociedade, a acupuntura acabou “diminuída” pela medicina ocidental, sendo tratada, muitas vezes, com desdém ou até charlatanismo. Porém, após anos de estudos e testes científicos, ela passou a ser considerada uma forma válida de tratamento. E, desde 2015, já é aceita como especialidade reconhecida pelo CROSP, além de ser utilizada em vários setores diferentes na área da saúde. Entre elas, podemos destacar:

Relaxamento extremo:
Apesar de não parecer uma particularidade das mais interessantes, isso facilita o atendimento em muitos aspectos. Deixa o paciente mais calmo antes da consulta e diminui sua pressão arterial.

Ajuda na cicatrização:
Já foi comprovado que a acupuntura também estimula a homeostasia e a produção de glóbulos brancos, facilitando a recuperação e cicatrização do seu paciente após os procedimentos.

Consumo reduzido de analgésico:
Estudos científicos concluíram que pessoas tratadas com acupuntura têm menor consumo de analgésicos, se comparadas com grupos que não utilizam a técnica. Além disso, seu uso é indicado no alívio da dor após ativação de aparelhos ortodônticos e reversão de parestesias decorrentes de procedimento cirúrgico.

Aquele que quiser tornar-se um cirurgião-dentista-acupunturista pode atuar em parceria com várias outras especialidades odontológicas, dando suporte ao paciente e facilitando o atendimento, dentro do conceito das práticas integrativas e complementares à saúde bucal.

O que achou desse tema? Deixe nos comentários sua opinião e sugestões!
Compartilhe nas suas redes sociais =)

Saiba mais sobre as consultorias de marketing da DMA pelo email contato@dmagencia.com
DMA – Dental Marketing Agency ®